Nossas almas são perfeitas, pois somos filhos do Criador, e tudo o que elas nos dizem é para nosso próprio bem

A saúde é, portanto, a verdadeira tradução daquilo que somos: perfeitos, somos filhos de Deus. Não há luta para obter aquilo que já temos. Estamos aqui apenas para manifestar, de forma material, a perfeição com que fomos dotados desde o começo dos tempos. A saúde é apenas a tradução dos comandos de nossas almas; é ouvi-las e ser confiante como as crianças; é rejeitar o intelecto (aquela árvore do conhecimento do bem e do mal) com todos os seus raciocínios, seus “prós” e “contras”, seus medos por antecipação; é ignorar as convenções, as ideias comuns e os comandos de outras pessoas, para que possamos passar pela vida intocáveis, desarmados, livres para servir aos nossos irmãos.

Podemos avaliar nossa saúde através de nossa felicidade, e através dela também podemos saber se estamos obedecendo aos comandos de nossas almas. Não é necessário ser um monge ou um eremita, isolando-se do mundo; o mundo está aí para nos alegrar e nos servir, e é apenas através do serviço do amor e da felicidade que podemos ser verdadeiramente úteis e realizar nosso melhor trabalho. De nada adianta realizar uma obra movido apenas pela obrigação; o resultado é o desperdício de um tempo precioso, que poderia ser usado para ajudar um irmão realmente necessitado.

A verdade não precisa ser analisada, discutida ou em volta em muitas palavras. É percebida em um flash, faz parte de nós. É somente com relação às coisas não essenciais e complicadas da vida que precisamos ser convencidos, e isto levou ao desenvolvimento do intelecto. As coisas que contam são simples; são aquelas que nos levam a dizer: “Tanto é verdade que parece que eu sempre soube disso”, e assim é a tradução da felicidade que vem a nós quando estamos em harmonia com nosso eu espiritual. Quanto mais íntima essa união, mais intensa é a alegria. Pensemos no esplendor irradiado às vezes por uma noiva em seu vestido de casamento, no arrebatamento de uma mãe com seu bebê recém-nascido, no êxtase de um artista que finaliza sua obra: estes são os momentos em que há união espiritual.

Pensemos em quão maravilhosa seria a vida se a vivêssemos em toda a sua plenitude, e que isso é possível desde que nos dediquemos por completo à obra maior para a qual fomos criados.

Dr. Edward Bach.

 www.floraisterapias.com.br 
facebook.com/floraisterapias

Terapia Floral

www.floraisterapias.com.br
(11) 96964-1696 WhatsApp e Telegram terapiafloral.net@gmail.com
Desenvolvido por Webnode